quarta-feira, 3 de dezembro de 2014

MUNDOS OPOSTOS



Curioso que têm filmes que me encantam simplesmente e não sei explicar, mas seus enredos tocam minha alma. Em Mundos Opostos aconteceu o mesmo.

Mesmo sendo uma história fantasiosa ou uma ficção científica, achei-a muito semelhante ao mundo em que vivo, por ser este dividido por vários mundos opostos. Aliás, considerei uma metáfora em relação ao que acontece na realidade.

No filme há esperança que o amor poderá unir os mundos opostos, diminuindo a incomunicabilidade entre eles. Inclusive, tirando a força das grandes corporações que sempre almejam dominar a tudo e a todos.

Enfim, sei que não faço uma crítica racional ao filme. Digo impressões subjetivas, mas gostaria de compartilhar meu breve olhar sobre ele.