sábado, 28 de junho de 2014

Bem, só uma questão...




No lema da bandeira do Brasil, não se pode acrescentar o amor? Por que sem amor verdadeiro, não se consegue construir uma país justo.
Outro fato, a pátria não é só um conceito formal ou jurídico e nem faz parte, exclusivamente, da História Oficial com seus símbolos convencionais. Ela é o vínculo que se constrói ao longo dos anos, surgindo a memória afetiva sobre a terra materna.
Por isso, sou a favor de inserir AMOR no lema da bandeira do Brasil. 

quinta-feira, 26 de junho de 2014

Paradoxos da vida



Uma vez, tive aula com uma professora marxista que só usava Prada.

Um rapaz grita pela volta do comunismo e veste a camisa do Che Guevara. No bolso da calça, tem um iphone.


O padre prega humildade, usando crucifixo de ouro.

sexta-feira, 20 de junho de 2014

PROBLEMAS MUITO PROFUNDOS E EXISTÊNCIAS




- Olá pessoal, tudo bem com vocês?  Bem, quero desabafar um pouco, já que são meus amigos maravilhosos. É o seguinte, ODEIO quando ouço uma música legal e peido alto ou me dá vontade de cagar. Poxa vida, quebra o clima!!! Fico puto da vida quando acontece isso!!! E quando acabo de tomar banho e me dá a vontade de fazer cocô, é uma merda!!  Já estava todo limpo e lá vou eu cagar. Será que isso só acontece comigo? Uma vez me disseram que eu era fútil, porque meus problemas profundos e existências são sem importância. Isso não é verdade, fico traumatizado quando estou ouvindo uma canção que embala minha alma e de repente escuto um barulho de peido ou a explosão de fezes no vaso sanitário. Amigos, falem alguma coisa? Será que sou o único humano que vaga perdido em mundo que só há DEUSES? 

terça-feira, 17 de junho de 2014

NÃO LIGUE PARA PEQUENICES








Sempre terá gente que vai debochar e sacanear da gente. O lance é não está nem aí, fazer uma cagada metafórica e pensar nas coisas boas da vida. 

Às vezes, fica-se preso aos acontecimentos ruins e se esquece dos momentos felizes que, em muitas ocasiões, passam despercebidos pelo cotidiano. Tenho ciência que se vive numa realidade com a face de madrasta, mas, também, ela tem o rosto de uma bela princesa generosa.

É só ter paciência para procurar outros prismas. Pense por cima e não se rebaixe para os que atingem com seus deboches, recalques e outras baixarias. Observe as nuvens do céu, os passarinhos voando, as árvores que lutam espremidas na selva de calçadas. 

Há tanto amor no mundo que se manifesta em diversas formas.

sexta-feira, 13 de junho de 2014

Violência Gratuita





Ontem, como foi jogo do Brasil na Copa, saí mais cedo do trabalho e ao chegar a minha casa, fui caminhar.

 O dia em estava agradável, porém, quando andava, percebi umas pedras sendo jogadas na minha direção. Então vi que eram dois adolescentes com pipas na mão, que olhavam para mim rindo. Talvez, não queriam me acertar, só era brincadeira de mau gosto.


Mas, o que me surpreendeu foi a intenção dos dois garotos. Eu não tinha feito nada com eles, foi uma atitude que foge a razão. São esses acontecimentos que percebo como a vida é absurda! Qual a explicação de dois jovens ameaçarem ou jogarem pedras em mim? Poderiam estar fazendo atividades tão mais construtivas e interessantes...

A violência gratuita vem da perversidade dos indivíduos, é uma força primitiva de destruir como um tsunami. Realmente, tenho medo desse lado humano. A maldade por si só, sem motivos e explicação aparente.

Podem achar que exagero e que era apenas brincadeira, todavia, mesmo que fosse, não deixa de ser preocupante.

quarta-feira, 11 de junho de 2014

Breve pensamento...

Imagem encontrada no google


Quando uma pessoa reclama de algo ou é ranzinza, todos dizem que é mal amada e que não beija na boca. Mas, o mundo é tão grande e tem tanta gente transando e beijando na boca, que na verdade ele deveria ser muito melhor.

 O fato está na essência de cada um e não na condição de ser acompanhado ou só. A mesma coisa vale para ter ou não filhos, pois SE a paternidade e a maternidade tornam os indivíduos melhores, caramba, aqui deveria ser o verdadeiro paraíso.


Enfim, não sou contra casar e ter filhos, mas o que crítico é as verdades absolutas que tentam enfiar na minha goela abaixo.

terça-feira, 10 de junho de 2014

BOA RECORDAÇÃO


Imagem encontrada no google

Uma colega postou uma foto no  facebook do tempo que a gente cursou Jornalismo Cultural e, depois, ela me marcou. Ao ver a foto senti saudade, gostei de ter feito o curso. Conheci coisas e pessoas interessantes, que me ajudaram até na construção da minha individualidade. Foi há nove anos e fico abismado como o tempo flui sem se perceber.

Não me arrependo de ter cursado Jornalismo Cultural mesmo não tendo “retorno concreto”.  Mas, não posso culpar o curso pelos meus próprios erros. Não precisa ser um especialista, em ser bem sucedido, para saber que a pessoa precisa ter atitude; não adianta só fazer cursos, mas, ser empreendedor e destemido. Detonar a Instituição de Ensino somente é um ato tolo. Não temos o livre-arbítrio? Pois é, devemos nos responsabilizar por nossas atitudes e ter uma autocrítica. Como meus pais sempre me disseram, precisamos arcar com preço de nossas escolhas e não se vitimar.

Por isso, faria até de novo o curso com a finalidade de revisitar teorias e aprender outras. A mesma coisa, digo sobre a Faculdade, as três oficinas literárias que fiz e a outra pós, cursada. Independente dos "ganhos concretos", eu percebi que o mundo se constitui em várias camadas ou janelas e que não existe simplicidade na vida.


Gostei de recordar essa época do Jornalismo Cultural, foi um tijolo importante para minha formação. 

domingo, 1 de junho de 2014

SISTEMA DE RECOMPENSA


Sempre tive ressalvas com a ideia de que se for bom, terei retorno ao dobro de coisas legais. A vida não é tão lógica assim, às vezes, não fazemos nada de errado e acontece o inesperado.

Deve-se praticar o bem sem esperar recompensas. Mas, por quê? O mundo torna-se melhor se as pessoas são éticas e não visam somente seus interesses. Sei que é complicado, não sou uma pessoa tão bondosa assim, porém, é estranho um indivíduo fazer algo, já pensando no que ganhará depois. Como já disse, a vida é caótica e muitas vezes não acontece como se planeja.

Precisa-se lidar com o elemento do absurdo. Tudo depende de um conjunto de fatores que formam o destino, por isso, é errado tentar igualar os indivíduos, cada um é único. Inclusive, a tentativa de padronizar a todos com fórmulas de sucesso nunca funcionará. A espontaneidade das atitudes é que fará a diferença, quando se planeja demais, o fato torna-se ficcional.

Seja bom porque isso faz parte de você, não pense muito e nem em ganhos concretos.  Seja ético intuitivamente.





Foto: Tenho fé, mas ela está no meu silêncio, que é um meio para se comunicar com ELE. Uma prece silenciosa de amor vale muito mais que palavras vazias ao vento e gritarias desnecessárias. ELE está em mim, posso sentir. Faço  parte do imensurável mistério de sua criação. Muitas vezes, não pensar e só fruir, a gente se aproxima DELE. Enfim, respeito qualquer manifestação religiosa sincera, sem teatros e falsos profetas ou santos.

Tenho fé, mas está no meu silêncio, que é um meio para se comunicar com ELE. Uma prece silenciosa de amor vale muito mais que palavras vazias ao vento e gritarias desnecessárias. ELE está em mim, posso sentir. Faço parte do imensurável mistério de sua criação. Muitas vezes, não pensar e só fruir, a gente se aproxima DELE. Enfim, respeito qualquer manifestação religiosa sincera, sem teatros e falsos profetas ou santos.

AKIRA

Foto: AkiraQuando estou chateado com alguma coisa, ela vem fazer festinha para mim. Há uma comunicação que ultrapassa as palavras. Suas lambidas, apesar da aflição que me provoca, aquece minha alma.Ps: Repeti sua imagem, porque ela não gosta de tirar foto.



Quando estou chateado com alguma coisa, ela vem fazer festinha para mim. Há uma comunicação que ultrapassa as palavras. Suas lambidas, apesar da aflição que me provoca, aquece minha alma. Ps: Repeti sua imagem, porque ela não gosta de tirar foto.