Postagens

Mostrando postagens de Agosto, 2016

Tudo ficou fast-food demais

Imagem
Fui ao cinema, ver a um filme de terror. Os jovens fizeram a maior algazarra e achei engraçado que este comportamento não muda ao logo das gerações. Na minha época de adolescente era a mesma coisa, parecia que estava retornando ao passado. Porém, a viagem não foi completa, por causa dos celulares ligados. Estou impressionado como as pessoas não conseguem ficar desconectadas nem um segundo para curtir um filme. Um rapaz ao meu lado mandava mensagem para alguém o tempo todo e na cadeira da frente, um cara ficou o tempo todo com o celular aceso. Não existe mais aquela escuridão mágica que apimentava ainda mais o suspense das cenas de suspenses e de terror.
O encanto de ir ao cinema acabou, pois muitos filmes são baixados gratuitamente pela internet. Todavia, para mim, ir ao cinema é um ritual que faz reviver meus tempos de infância. Não sei se estou sendo um pouco nostálgico, mas com desenvolvimento das tecnologias, as pessoas estão cada veis mais frias, desatentas em relação ao outro e c…

OLÍMPIDAS 2016

Imagem
Para mim, todos os atletas brasileiros desta olimpíada são vencedores. Chegar numa competição deste nível, não é para qualquer um. 
Principalmente, num país que não investe na educação como nosso país. Os EUA entre outros primeiros no ranking de medalhas investem bastante na base do esporte, que são as escolas e as faculdades. Aqui, no Brasil, as escolas públicas não possuem nem quadra direito e, muitas delas, nem merenda digna às nossas crianças. 
Apesar de tanto descaso, o país vem melhorando como pode. Ao longo dos anos a educação em todos os níveis está sendo sucateada. 
Em relação ao futebol feminino, as meninas arrebentaram e foram dignas até o final. Não ganharam medalhas, mas, um atleta de verdade não se faz só de medalhas e sim com atitudes. E elas foram guerreiras até o fim. Tomara que um dia tenha um investimento bacana no futebol feminino como no masculino.

Video solto 2

Imagem

ESTOU CANSADO DE SENTIR MEDO

Imagem

Uma reflexâo importante!

Imagem
Recebi uma reflexão muito importante de uma amiga e que me chamou a atenção sobre o neologismo: "processo de criação de uma nova palavra na língua devido à necessidade de designar novos objetos ou novos conceitos".
Na verdade foi uma troca de e-mails com um amigo dela e, depois, compartilhou comigo seus pensamentos. 
 Confesso que não conhecia este conceito ou nem me lembrava. Viver é sempre uma aprendizagem e não podemos ter verdades absolutas, pois, o tempo mostra que todas elas se desmancham. 

Outra coisa, não confundam fazer literatura com redigir uma redação para escola ou para um concurso de escola, OK! Inclusive, não se pode corrigir uma obra literária com um olhar pragmático do cotidiano. 

Outra questão, não confiem muito nos conteúdos da internet. Tentem checar primeiro, pois, muitos textos são manipulados. 
*** 
"Querido Dudu, pensei em te mandar este trecho de mensagem que escrevi para um amigo de muita idade e que se dizia com vergonha por ter escrito errado algum…

A INSUSTENTÁVEL LEVEZA DO SER

Imagem
A Insustentável Leveza do Ser é um livro lançado em 1984 por Milan Kundera. O romance se passa na cidade de Praga em 1968. Ao término do livro, fiquei a digerir a histórias e as questões filosóficas que abordou. Agora, tentarei pontuar alguns pontos que assimilei. Para compreensão da trajetória dos personagens, precisam-se entender os contextos filosóficos em que se baseiam as narrativas.
O conceito de eterno retorno de Nietzsche:me “O eterno retorno é uma ideia misteriosa e, com ela, Nietzsche pôs muitos filósofos em dificuldade: pensar que um dia tudo vai se repetir como foi vivido e que tal repetição ainda vai se repetir indefinidamente! O que significa esse mito insensato? […] Se cada segundo de nossa vida deve se repetir um núro infinito de vezes, estamos pregados na eternidade como Cristo na cruz. Essa ideia é atroz. No mundo do eterno retorno, cada gesto carrega o peso de uma responsabilidade insustentável. É isso que levava Nietzsche a dizer que a ideia do eterno retorno é o ma…