sábado, 27 de dezembro de 2014

ISOLADOS ( 2008)


Isolados

Pode não ser considerado um filme para entrar na História do cinema, mas, achei interessante sua abordagem, quando mostra os reflexos dos maus tratos que o Homem pratica contra a natureza.

Peter e Carla estão passando por uma crise no casamento. Na tentativa de resgatá-lo, eles decidem passar um final de semana em uma praia isolada. Começam a desrespeitar o meio ambiente e ele começa a se vingar deles. O filme é do gênero terror e a natureza é a carrasca do casal de “porcalhões”. Mas, saindo um pouco da ficção, será que a mãe natureza não está se vingando da gente, por sermos tão devastadores? Bem, é só ler nos jornais... Deslizamentos de terra, enchentes e a falta de água no sudeste brasileiro.


Voltando a história do filme, o casal representa como close-up os valores da nossa sociedade como, por exemplo, o consumismo e a ideia que o Homem é o centro do mundo. Porém, o enredo desvenda que há forças muito mais supremas que o ser humano.

Por isso, gostei do filme e, mesmo que não seja um clássico, valeu a pena assisti-lo.