sexta-feira, 19 de dezembro de 2014

GROTESCO

Imagem encontrada no google


GROTESCO
Pelo youtube assisti alguns programas " Casos de Família" do SBT e confesso que achei graça da apresentadora e os participantes, mas, depois, fiquei triste comigo mesmo. Porque é tudo tão deprimente! As brigas, a apresentadora expulsando alguns participantes e se percebe como a mídia explora isso, estimulando os instintos mais mórbidos das pessoas. A mesma coisa esses jornais que os apresentadores parecem urubus atrás de carniça, muito piores que o de verdade, já que este contribui de certa maneira ao meio ambiente. Não posso me enganar, ao ver alguns programas de “ Casos de Família” estimulou o pior de mim também. Senti-me um integrante das plateias que assistiam no coliseu os combates entre gladiadores. As lutas terríveis e violentas levavam ao êxtase os espectadores. Caraca, como sou ambíguo! Por que as mazelas dos outros se transformam em diversão e chegam a ser uma purificação para gente. A natureza humana é perversa, mas, acredito que a bondade também faz parte. Quantos casos de desconhecidos que ajudam os outros em enchentes ou outros desastres naturais. Existem sim bons sentimentos verdadeiros, que não vem da moral, mas, de um sentimento autêntico. A conclusão que tiro, preciso melhorar como pessoa, para não perder meu tempo assistindo às tragédias dos outros. Como precisamos de uma formação mais reflexiva para não nos tornamos marionetes dos governos e das grandes mídias.