terça-feira, 8 de abril de 2014

TODOS OS RIOS O RIO





Fornece água para colheita e peixes aos pescadores, é um vazo comunicante que leva e traz os barcos dos viajantes; é o local para o batismo dos recém-nascidos. De dia, as crianças brincam; quando a noite cai, um refúgio para os amantes e para criminosos que praticam maus feitos. Em tempos de cheia, invade casas e aniquila tudo que encontra pelo caminho e quando volta ao normal proporciona vida às suas margens. Existem histórias bastante antigas que dizem que onde desemboca, há um portal para outro mundo e que muitos aventureiros nunca mais retornam para casa. Enfim, transita tanto para o bem quanto para o mal e do sagrado ao profano.