quinta-feira, 24 de abril de 2014

Depois de um feriado longo...



Acordo numa quinta-feira com cara de segunda. Preciso caminhar mais cedo, mas meu corpo está pesado. Consigo levantar, tomar café e sair para caminhar.

Quando ando, percebo o trânsito denso. Penso logo em acidente, manifestação ou obras que nunca terminam. Volto para casa para me arrumar e ir ao trabalho. Pego condução lotada( vida de gado...), mas consigo chegar na hora para pegar a carona e fico à espera.

Tenho vontade de sumir ou encontrar um lugar que não seja tão caótico e absurdo. Eleição vem aí, não sei em quem votar ou acreditar.

Estou lendo a Revolução dos bichos, que mostra os mecanismos de uma Revolução. Fico ainda mais desiludido porque o romance não é distinto da realidade: " Que todo mundo é farinha do mesmo saco" ou " Quando se reúne mais de um individuo, a ideologia original é desvirtuada.". Medo de futuro e ansioso por saber se conseguirei sobreviver a tanta coisa.

Graças a Deus que já estou chegando ao ponto marcado. Agora, é só esperar a carona.