sábado, 30 de novembro de 2013

Não acredito em propaganda



“Toda propaganda tem que ser popular e acomodar-se à compreensão do menos inteligente dentre aqueles que pretende atingir.”   Adolf Hitler

Realmente, perco a paciência de ver as propagandas de banco, em que aparecem prédios modernos, envidraçados, vazios e gerentes supersimpáticos, bem nutridos e que estão sempre disponíveis para atender ao cliente.

 É muito discrepante da realidade em que vivo. Os bancos são muito cheios e os gerentes não podem resolver tudo. Por que as propagandas precisam sair tanto da nossa realidade? Tudo bem que os publicitários precisam vender imagem do produto que estão vendendo, mas prometer coisas impossíveis?

Na realidade, o serviço é péssimo e quem leva a culpa são os funcionários que atendem aos clientes.

Não acredito em propaganda. Fico desconfiado e tento prever onde será a facada. Todos nós ficamos decepcionados por acreditar numa propaganda bem bolada e depois ficar às turras, com quem oferece o produto de qualidade.

***
Ao buscar uma citação para ilustrar minha humilde crônica, encontrei uma frase de propaganda bem interessante: ” Não são as respostas que movem o mundo, são as perguntas.”  Propaganda Publicitáriacanal Futura.

A propaganda servir como instrumento para mostrar outro olhar é um caminho eficaz para que haja os questionamentos em relação à sociedade.