sábado, 2 de novembro de 2013

MISS BALA



Uma jovem participante de concursos de beleza escapa de um massacre e acaba se envolvendo no perigoso submundo do tráfico de drogas mexicano. O filme mexicano é realista e mostra um problema social e global. Quantas “ miss balas” são vítimas aqui no Brasil como essa garota. 

Ao terminara história, fiquei a pensar: Será que tudo está perdido? O crime organizado vai vencer? As pessoas não terão mais liberdade de ir e vir? Justamente na mesma semana, aconteceu o caso de Bangu. Bandidos tentam salvar um comparsa, que ia ao fórum e o tiroteio mata um menino.  Como no filme, a jovem e o menino foram vítimas da violência absurda do crime e da falta de eficiência do Estado e da justiça. 

Até quando a gente ainda suportará isso? Mas, tenho esperança. Não há só coisas ruins. Existe a bondade e a solidariedade em muitas pessoas. Quantos casos, já vi salvar um estranho.
O mundo tem momentos belos também.

Agora, indicarei uma crítica para quem se interessar no filme, ter outro olhar mais apurado.