domingo, 10 de junho de 2012

(Meu País, 2010)




pa.ís
sm (fr pays) 1 Região, terra. 2 A nação em que se nasceu, a pátria. 3 Território habitado por um grande conjunto de famílias, que constituem determinada nação. 4 Bel-art Painel, quadro que representa países (regiões); paisagem. P. da Cucanha: terra da abundância e da fartura, onde tudo são gozos e deleites. P.-sede: a) Econ: país onde se encontra a sede de uma empresa multinacional ou transnacional; b) Esp: país onde se realizam as Olimpíadas, ou um campeonato mundial de qualquer modalidade. Pl: países-sede e países-sedes.  Dicionário Online |Michaelis – UOL

Quando terminei de assistir o filme, procurei o significado da palavra. Percebi, então, que o título pretende fazer um resgate a origem e os laços de afetividades. O nosso país não é só um conceito patriótico, jurídico ou geográfico.

Anos fora do Brasil,  Marcos (Rodrigo Santoro) precisa retornar ao país quando seu pai, Armando (Paulo José) morre. Executivo, casado e bem-sucedido na Europa, Marcos reencontra Tiago (Cauã Reymond), seu irmão mais novo. Tiago é irresponsável e viciado em jogo. Para aumentar o conflito entre os irmãos, eles descobrem que têm uma meia-irmã, Manuela (Débora Falabella), que sofre de deficiência intelectual. Uma filha que Armando sempre manteve escondida de toda a família.

O resgate do passado e o encontro com a irmã até então desconhecida transformam Marcos. Antes, ele se sentia desligado das suas origens, construindo um lar em outro país. Mas, com o decorrer da história, o desejo de ajudar a irmã e o irmão é mais forte.

Por isso achei interessante o título que quem não assistiu o trailer pode achar que é um filme político.  Entretanto, Meu país narra o resgate dos laços de afetividade ou volta às origens. As pessoas que amamos são o nosso país.  

Não pude deixar de fazer uma comparação com o filme RAIN MAN(1988): Um jovem fica sabendo que seu pai faleceu. Nunca se deram bem e não se viam há anos, mas ele vai ao enterro e quando vai cuidar do testamento fica sabendo que herdou um Buick 1949 e as roseiras premiadas do seu pai, sendo que um "beneficiário" tinha herdado três milhões de dólares. Fica curioso em saber quem herdou aquela fortuna e descobre que foi seu irmão, o qual nunca o conhecera. O irmão dele é autista, mas pode calcular problemas matemáticos complicados com grande velocidade e precisão. Sequestra seu irmão autista da instituição onde ele está internado, porque planeja levá-lo para Los Angeles e exigir metade do dinheiro, nem que para isto tenha que ir aos tribunais. É durante uma viagem cheia de pequenos imprevistos que os dois se compreenderão mutuamente e entenderão o significado de serem irmãos.

Pois é... Será que para o irmão inescrupuloso não foi um retorno para seu país. Um resgate da família, que sempre fora segregada por desencontros e segredos? Na vida as histórias se repetem com outros enredos e personagens.

Enfim, Meu País faz pensar sobre laços de afetividades que são rompidos e que podem ser reconstituídos sim. Depende da gente de se reconstruir.