domingo, 8 de maio de 2011

FILME ANTICRISTRO




Ps:Não sou estudioso da área, mas esta cena fará parte da História do Cinema. Bem... isso é tão óbvio como dizer que a água é molhada.


FILME ANTICRISTRO
Casal assolado com a morte do único filho muda-se para uma casa no meio da floresta( que se chama Edén) para superar a perda. Mas, o questionamento do marido, psicanalista, sobre a dor do luto e o desespero de sua esposa desenrola uma espiral de acontecimentos misteriosos e assustadores. Os resultados dessa investigação psicológica são as piores possíveis. A história divide-se em um prólogo, quatro capítulos e um epílogo.
 O filme é perturbador, porque mostra como somos sombrios e faz uma viagem aos sentimentos e os mitos que estão adormecidos em nosso consciente. Somos feras, que machucadas podemos cometer barbaridades.
A floresta Éden é o inverso do paraíso narrado na bíblia: agressiva, perturbadora e caótica. No filme, vemos outros significados sobre a floresta.
“A floresta possui uma grande conexão como simbolismo da mãe, pois é o lugar onde a vida deriva. Entretanto, pode também ser vista como um contraste da cidade e do conforto do lar. " a floresta ancora todos os tipos de perigos e demônios, inimigos e doenças"- Zimmer em Cirlot (112). é o lar dos fora-da-lei. Desde que ela está fora da área cultivada, também pode estar fora da razão e do intelecto.”(http://www.salves.com.br/dicsimb/dicsimbolon/floresta.htm)
Esta citação ilustra o conflito dos protagonistas. O marido, um terapeuta, utiliza-se de seus conhecimentos acadêmicos para ajudar a mulher deprimida. Mas, ela está caótica e este caos o vai dominado aos poucos.
Bem, o filme tem vários pontos de vista e significações. Precisa ser visto outras vezes, porque há nele várias camadas.       
 Só sei que depois de assisti-lo, os pensamentos ficaram rodopiando minha cabeça.
Outros textos sobre o filme: