quinta-feira, 20 de dezembro de 2012

Deixe Ela Entrar( 2008)







Skar é um garoto de 12 anos que é só. Na escola ele sobre bullying. Um dia, ao brincar no pátio em pleno inverno europeu, ele conhece Eli, uma garota pálida e solitária, que se mudou recentemente, em companhia de seu suposto pai. Embora tenha temor em se aproximar de Oskar, Eli se torna sua amiga. 

Simultaneamente, uma série de assassinatos acontece, inclusive, com a retirada do sangue das vítimas. Eli está envolvida com estes casos, de um jeito que Oskar nunca poderia pensar.

O filme não tem glamour da imagem do vampiro. Pelo contrário, há uma fome animal. Eli anda pela neve de pés descalços, parece uma menina selvagem.

Quando encontra Oskar brincando no pátio se identifica com ele. O vampiro ser uma criança, achei interessante, porque a criança está mais próxima dos impulsos e instintos. Ela ainda está aprendendo as etiquetas. Então, a personagem ser uma criatura noturna e menina, torna-a feroz e voraz para matar sua fome. 

Enfim, a história não deixa de contar a vida de personagens solitários, que estão na busca para deixar de ser tão sozinhos. 

A incomunicabilidade é um grande problema no mundo em que vivemos. Tanto para os vampiros e nós, seres humanos.