domingo, 26 de fevereiro de 2012

QUENTÕES DE ARTE

A arte pode ser avaliada a partir de critério objetivo, como numa competição? Sempre me questiono sobre isso. Cada vez mais vejo a premiação do Oscar como uma festa entre tantas.

Como avaliar um filme de comédia, drama e ficção científica, gêneros tão diferentes, como melhor filme. Não consigo encontrar critérios objetivos. A arte em geral mexe com emoções, diferente de uma corrida ou natação.

Já ouvi comentário que o Oscar existe cartas marcadas, não quero argumentar este mérito. Mas, um filme que ganha prêmio, não significa que ele marque sua vida ou toque seu coração. Assisti filmes que nem participaram do Oscar, porém, fazem parte de mim:


O CÉU QUE NOS PROTEGE (1990)



A Ostra e o Vento( 1998)


Terra Estrangeira ( 1995)

Casa de Areia( 2005)



O Homem que Copiava ( 2002)


Cinema de Lágrimas( 1995)


Casa Vazia( 2004)



A Dupla Vida de Véronique( 1991)







Lógico que foram películas premiadas em outros festivais e conhecidas por outras pessoas. Porém, o OSCAR é o evento mais popular de cinema. Principalmente pelos desfiles de artistas, celebridades e além de ser televisionado no mundo inteiro.

Por isso, acho muito complicado colocar a arte como competição. A interpretação é subjetiva, depende do gosto e sensibilidade de cada indivíduo.