terça-feira, 26 de julho de 2011

A VOLTA DO PARAFUSO DE HENRY JAMES


A Volta do Parafuso

Numa mansão da Inglaterra, uma governanta é contratada para cuidar de duas crianças, Miles e Flora. Tudo ia bem, até que alguns acontecimentos extraordinários acontecem, perturbando a relação da governanta com seus pupilos.

É novela de terror e suspense que me fez experimentar sensações angustiantes. O estilo de Henry James é tão ambíguo e complexo que não sabemos se tudo realmente aconteceu ou foi fruto da imaginação da protagonista. Mas, é necessário saber a verdade? Apreciar uma boa história e viajar nas imagens pode ser muito mais proveitoso.

O autor se inspira na literatura gótica e de terror, utilizando elementos psicológicos para a trama se tornar mais complexa. Fiquei pensando muito sobre o título da novela e fui buscar sua origem . Dar uma volta no parafuso ( apertar o parafuso), é uma ação que faz com que uma situação ruim fique pior, especialmente com a finalidade de forçar alguém a fazer algo. A expressão "dar uma volta no parafuso ou em parafusos" refere-se aajustar uma máquina - ou um instrumento de tortura - de modo que ela opere de forma mais rápida ou mais eficaz. Figurativamente, a frase refere-se a fazer algo mais intenso ou doloroso.

Realmente, à medida que a narrativa se aprofunda, a governanta passa por este processo, principalmente por se sentir impotente para salvar as crianças dos espíritos malignos. Logo, ela toma decisões desesperadas.

O tempo todo o escritor coloca em dúvida o caráter da governanta e das crianças. Há passagens onde ela parece está surtando, enquanto o menino e a menina são dissimulados, demonstrando atitudes precoces.

Confesso que esta ambiguidade me fez pensar em mim. Se estivesse no lugar da governanta, o que eu faria? E no lugar das crianças? Será que cada indivíduo se conhece realmente? A ciência explica tudo? Será que não existem realidades místicas e fantasmagóricas?

Sei que posso ter fugido do tema da novela, porém não queria fazer uma resenha. Queria colocar minhas impressões e contar como 'A volta do parafuso' mexeu comigo. Sem dúvida é uma obra de arte, que levanta pontos de vista conflitantes.

Escolhi não definir uma VERDADE, mas aproveitar uma boa história e me permitir, ao longo do tempo, perceber outras interpretações.