terça-feira, 14 de outubro de 2014

Hoje Eu Quero Voltar Sozinho



Assisti ao filme indicado pelo Brasil para concorrer o óscar , no canal Brasil. Agradou-me pela delicadeza do jeito que aborda temas ainda polêmicos como deficiência física e a homossexualidade. Leonardo , um jovem cego, tenta lidar com a mãe zelosa e paralelamente  procura buscar sua independência. Quando o novo aluno chega à escola, novos sentimentos começam a aflorar em Leonardo, fazendo com que ele descubra mais sobre si.

Hoje em dia a estetização da violência está tão explorada no cinema nacional que é interessante encontrar filmes que presam para uma olhar mais intimista e menos emblemático. A história do filme é bacana por causa disse, não é panfletário ou restrito para comunidade gay. A arte em geral é fundamental para reflexão, entretanto, quando só se torna em um instrumento político, reduz sua gama de possibilidades.

As experiências que Leonardo vivencia são comuns para todas as pessoas e não restrito a um segmento. Quem não quer ser feliz? Encontrar um lugar no mundo? Viver os sonhos? E ser aceito do jeito como é? 

Esses desejos são universais e quem assistir ao filem, irá se identificar com o protagonista Leonardo. 

***