terça-feira, 17 de maio de 2016

Opinião ao vento



Acabei de assistir O som ao redor, filme nacional. O roteiro realmente é de alto nível. Consegue expor assuntos que nos atingem atualmente como o caos barulhento da cidade, desigualdades sociais, especulação imobiliária( que causa perda da identidade ou de memória nas cidades) e a violência de uma forma original, sem entrar no clichê muito utilizado nos filmes nacionais. Inclusive, no enredo, tem uma incursão histórica da formação do povo de Recife bem sutil e sem ser didática.

Bem, gente, posso estar a fazer uma comparação esdrúxula, mas, me lembrei do filme CACHÉ e Fita Branca de Michael Haneke pelo jeito perspicaz de tratar os temas sem entrar nos chavões.

***

Confesso que estava com resistência de assisti-lo. Por isso,  sempre devemos rever preconceitos para não cair no mito " a primeira impressão é a que fica".