segunda-feira, 28 de março de 2016

IGNORANTE

A ignorância traz uma violência sem sentido pelo diferente. O desejo impulsivo de destruir chega a ser irracional. Por isso, a falta de conhecimento proporciona a intolerância e tudo que se relaciona ao outro é ruim e nojento.

Hoje, quando voltava da caminhada, encontrei uma "cobra" estranha na rua. Uma mulher estava apavorada e uma senhora nos disse que o bicho era perigoso por ser venenoso. A mulher mais jovem me deu uma pedra e disse que seria melhor matá-lo, já que poderia entrar numa casa e atacar alguém. Eu estava com pena, mas como não conhecia o animal, joguei a pedra e parece que morreu.

Um vizinho aparece e disse que era a cobra da terra e inofensiva. Procurei na internet e percebi que cometi um erro terrível. Na verdade, tratava-se de um Amphisbaenidae também conhecido como “cobras cegas”, “mãe saúva” ou “Cobra de duas cabeças”, por possuir a cauda tão grossa quanto à cabeça. Os anfisbenídeossão répteis, assim como as cobras, lagartos, jacarés, etc. É o grupo de répteis não muito conhecidos, mas não são lagartos nem cobras, apesar de muitos pensarem que são lagartos ápodes eles não são. Não são vistos com muita frequência como seus parentes, porque são totalmente adaptados ao subterrâneo.

 No Brasil a espécie mais comum é a Amphisbaena alba, que pode chegar até 80cm de comprimento e é um pouco agressiva, se alimenta de minhocas, lesmas, vermes, larvas, baratas e outros diversos insetos que encontram, além de aranhas. São encontradas no interior com muita facilidade, principalmente na época das chuvas, quando emergem da terra. Esta espécie, apesar de ser agressiva e possuir uma forte mordida e dentes afiados, a anfisbena não é peçonhenta.

Matei sem necessidade. Deixei-me levar pela ignorância. Na História, quantos episódios sangrentos aconteceram devido ao medo em relação ao desconhecido. Achei que mostrei bravura perante a mulher, porém evidenciei o contrário, COVARDIA. Fui um antagonista não por maldade e sim por ser ignorante.

Portanto, a ignorância deve ser combatida tão quanto à maldade.