segunda-feira, 31 de março de 2014

ABSURDO



Essa pesquisa sobre o estupro que muitos alegam ser culpa das mulheres por vestirem roupas curtas, evidencia como somos conservadores e não tão diferentes de outros países considerados bárbaros.

Quantas mulheres são violentadas quando saem de casa cedo para trabalhar ou estão voltando tarde para casa, depois da faculdade. Inclusive, são estupradas pelos maridos, pais, padrastos e tios...

E deu na tevê que a pesquisa teve um número considerável de mulheres, expondo uma verdade peculiar. Existem mulheres muito mais machistas do que os homens e homens muito mais feministas do que as mulheres. Enquanto algumas acreditam que as vítimas são culpadas, muitos homens não concordam com isso.

Há um filme interessante que mostra muito bem estigma que a vítima de estupro sofre: Acusados( 1988). Sarah Tobias (Jodie Foster) é violentada num bar e, ao denunciar a agressão, enfrenta dois problemas: seus agressores e o sistema penal, no qual as vítimas de estupro são suspeitas em seus próprios casos.

Independente de a mulher ser ou não de vida “fácil” ou “meio porra louca”( como o caso da personagem Jodie Foster), ninguém tem o direito de estuprá-la.  Inclusive, ser currada por vários homens. É uma covardia sem nome. Ela não é culpada, mas vítima absoluta  e precisa ter seu  direito de ir e vir respeitado.

Enfim, despois dessa pesquisa, concluo que talibã está por aqui, também.