quarta-feira, 27 de fevereiro de 2013

PERIGO



Chove forte, raios cortam o céu e em seguida os trovões. Quero voltar para casa, sei que não é seguro caminhar, mas, a ducha que vem do céu é refrescante. Sei que o perigo me ronda, o Brasil é o país dos raios. Só que o perigo potencializa ainda mais o prazer de caminhar na tempestade de verão. Chego bem na minha casa, a noite está tranquila. Todavia, continuo a pensar na perigosa travessura que cometi. Sempre há momentos que transbordo, agora, estou leve.