terça-feira, 11 de setembro de 2012

Movimento



Confesso que quando alguém discordava dos meus textos, ficava triste. Mas, com o tempo, percebi que se a pessoa diverge ou não gosta do que produzo, pelo menos, coloca-o em movimento. É melhor que não ler, pois se tornará nulo.