quarta-feira, 7 de setembro de 2011

CONSTRANGIMENTO





Há alguns anos uso imagens para ilustrar meus textos. No início, colocava os devidos créditos. Entretanto, existem muitas fotos que são reproduzidas em diferentes sites sem fonte e pensei que podia usá-las para acompanhar os textos produzidos por mim. Nunca disse que as imagens eram minhas e não ganho dinheiro com meus blogs. Realmente não gostaria que os outros roubassem meus textos. Nunca disse as imagens eram minhas.

Também, uso músicas nos meus vídeos do youtube e recebo a seguinte mensagem:  “Corresponde a conteúdo de terceiros... Você não deve tomar nenhuma ação. Seu vídeo ainda está disponível no mundo todo. Em alguns casos, os anúncios podem aparecer perto do vídeo.”. Logo, não são criminosos, porque não sou parceiro do youtube e os vídeos nem geram receita. E todo munda sabe que não fui eu que produzi a música.  Então, pensei que não haveria problemas.

 Hoje, quando abri a minha caixa de e-mail, vi um comentário educado que me fez pensar bastante: “Sei que é comum não se fazer referência aos autores das imagens... Mas, confesse, não custava muito, pois não? Aposto que não gostaria de ver os seus textos (de resto bem interessantes) publicados noutros blog, certo?”. Foi uma crítica construtiva que estou tentando digerir. A pessoa está certa, não posso capturar imagens e reproduzi-las no meu espaço virtual. Amadurecer é perceber que está errado e voltar atrás, não quero magoar ninguém e, se fui imprudente, desculpa. Agora, colocarei a fonte das fotos.

Estou muito envergonhado. Mas, vou tirar proveito desta situação para melhorar com indivíduo e amadurecer. Obrigado, pessoa que fez o comentário. Será sempre bem vindo aos meus espaços virtuais e pode sempre me dar um “puxão de orelha”. Em muitas ocasiões é necessário.