segunda-feira, 18 de janeiro de 2016

SEM LIMITES(2011)



Principalmente, hoje em dia, queremos tudo rápido: Felicidade, amor, sucesso... E o caminho mais fácil é bastante sedutor! Na história, o personagem era um escritor fracassado e quando tomou as pílulas de uma droga desconhecida, mudou radicalmente de vida e se transformou em especialista de diversos assuntos. Desistiu de ser escritor para ser consultor da bolsa de valores, com a intenção ser muito rico.


Depois de assistir ao filme, fiquei pensando sobre realmente existir uma droga que me ajudaria a ativar todas as conexões do meu cérebro. Será que iria me trazer realmente felicidade? Com certeza, não. Não acredito em soluções fáceis, pelo contrário, precisam-se todos os dias encarar as próprias limitações. Reconstruir-se ao longo dos anos para se adaptar na jornada da vida.

 Sou uma pessoa comum e não tenho nenhum talento especial. Quando morrer, o mundo nem perceberá, pois, minha existência entra tantas é um grão de areia no deserto. Mas, aprendi a gostar de mim. Não quero ser outro, mas, do jeito que sou. O que escreve, percebe que errou e conserta; brincar de ser artista nas horas vagas. Inclusive, estou aprendendo a ouvir e a peneirar o que é uma crítica construtiva de uma destrutiva.

Como já disse, várias vezes( devo estar enchendo o saco de repetir toda hora isso), Não tenho perfil para ser líder, nem chefe e aquele tipo de pessoa que consegue fazer várias coisas ao mesmo tempo. Sou lento, porém, não resignado e tento lidar com esta minha característica o melhor possível.

Deve ser um saco saber de tudo. É tão prazeroso aprender algo novo, a vida tem outra cor e não se cai na mesmice.