sexta-feira, 23 de agosto de 2013

“ VOCÊ É RIDÍCULO”




Sim! Quero brincar e viajar, através da minha imaginação. Não vou mais me calar, mesmo que seja ridículo. Prefiro sê-lo a não tentar e a me trancar, como já fiz anos antes.

 Escrevo e faço vídeos porque me ajudam a voar aos lugares mais profundos do meu ser. Criar me ajuda a viver. Caso contrário, tudo fica pesado demais. 

Gosto de experimentar, mesmo que me foda depois. É o preço, problema! Pensando bem, ser ridículo pode ser sinônimo de ser livre, já que não me importo mais tanto com o alhar do outro. 

 Serei ridículo com muito prazer.