quinta-feira, 15 de agosto de 2013

ACEITO OS RISCO



Há momentos que preciso ser condescendente comigo mesmo,  por que não? Tudo bem que a autocrítica é fundamental para o crescimento, mas é sacal. 

 Às vezes, digo que sou inteligente, bonito e legal em frente ao espelho. Caso contrário, ficaria com muita baixa autoestima e os “encostos” apareceriam para fazer a festa. 

Sempre me agradeço por existir e ser eu mesmo. Lógico que isso pode ser perigoso, entretanto aceitarei o risco e não terei mais vergonha de gostar de mim.