sábado, 22 de janeiro de 2011

ÀS VEZES


"É uma grande conquista aprender manejar a própria vida." (L. Martinez)



Acho a minha vida um saco, quero desaparecer. Há manhãs que preciso achar forças para me levantar da cama. Então começo a colocar na balança minhas escolhas e experiências. Percebo que reclamo de barriga cheia.


O desejo de mudar de vida é fundamental para o crescimento profissional e pessoal, mas a vontade constante de começar do zero leva a pessoa semear vento e colher tempestade.


Conciliar as obrigações e os sonhos é bastante difícil. Sou adulto e tenho responsabilidades. Entretanto, não posso afogar a minha outra parte. Preciso sobreviver e sonhar.



 Tomarei rédea de minha vida para administrar a dosagem de quanto adentro nesses dois lados que fazem parte da minha identidade.