O único título para este texto que o define bem... ABSURDO






Por curiosidade, dei uma olhada como seria se fizesse um empréstimo no banco, que foi liberado para mim.
Levei um susto!! As parcelas tomam todo o meu salário e o pior é que pagarei muito mais o valor, devido aos juros exorbitantes e surreais.

Gente!! Isto é um roubo legalizado, que leva as pessoas ao desespero. 

Antigamente, confesso que julgava os indivíduos que se endividavam por serem consumistas ao excesso. Entretanto, não é só culpa deles. Os bancos se utilizam da ignorância do povo, para "arregaçá-lo". Por exemplo, quem teve educação financeira na escola? Logo, muitos caem na armadilha dos empréstimos.

Também, nunca se sabe o dia de amanhã. Muitas vezes, os empréstimos são solicitados, para pagar remédios de alguém doente ou para ter comida em casa. 

É muito fácil culpar o povo e o consum
ismo individual. Entretanto, existe um abuso legalizado dos bancos.
Pelo menos, o banco não mata como os agiotas. Bem... Diretamente não... Mas, o stress pode levar ao óbito.

A única coisa que posso fazer é pedir ao Senhor para que nunca precise fazer um empréstimo tão criminoso que os bancos oferecem. Sei lá, é preferível ir logo para o paraíso.


Postagens mais visitadas deste blog

Idéias do canário-Machado de Assis

Preciosidade, conto de Clarice Lispector

A Menor Mulher do Mundo de Clarice Lispector