segunda-feira, 25 de abril de 2016

O Estado Islâmico não é aqui!

Sou contra qualquer tipo de agressão, tanto verbal, corporal, de escarros ou de cuspis. O destempero provoca o caos e não ajuda em nada para Democracia. Mas, o ator José de Abreu não tomou esta atitude porque é maluco. O casal do restaurante ficou provocando. Para mim, todos estão errados. Cada um na sua, pessoal. Falando sobre o outro lado, no final de semana, assisti na tevê um grupo que ficou chamando um senador( a favor o impeachment) de ladrão e ficaram cercando-o. Não concordei com a atitude dos manifestantes de ficar acuando o tal senador, pois tem o direito de ir e vir. Querem se manifestar, promovam manifestações pacíficas, sem ficar constrangido ninguém e nem fazer manifestação, onde mora o tal do Bolsonaro.

Vejo tanta gente com opiniões diferentes das minhas e jamais ficarei retrucando nas redes sociais e assediando os outros na rua. Querem debater sobre política, procurem os espaços apropriados para isto. Agora, não fiquem perseguindo ou soltando piadinhas para que o outro se descontrole. Sei lá, as pessoas estão tão estranhas. Se você é a favor do impeachment, beleza. Sei que tem seus motivos. Sou contra, mas isto não significa que eu que me considere melhor que você. Este maniqueísmo reduz muito a realidade em que vivemos. Vamos ficar na paz e seguir nossas vidas. Retrucar, agredir e esculachar não resolverá o problema. Mais tolerância e menos xingamentos ou cuspidas! O Estado Islâmico não é aqui!

Na verdade estão se nivelando por baixo. Desejam fazer passeatas, há vários lugares para ir. Para que causar desconforto e intolerância? Exercer a cidadania significa argumentar, respeitando o outro. Gritar e usar a força são formas totalitaristas para ambos os lados.