domingo, 3 de julho de 2016

ALGUMAS QUESTÕES SOBRE O FEMINISMO

Resultado de imagem para feminismo

Antes de tudo, é lógico que não há perfeição. Em todos os movimentos ao longo da história sempre existiram desgastes e certos indivíduos que desvirtuaram as ideias iniciais. Mas, não se pode rotular um grupo por causa disto.

 Por exemplo, por esses dias, comei a ler e ouvir sobre o feminismo e que é um sinônimo do machismo, devido às “feministas” argumentarem que são iguais e melhores que os homens. Achei isto reducionista e o maniqueísmo tolo. Fiz uma rápida pesquisa e achei um breve conceito feminismo: “um movimento social, filosófico e político que tem como objetivo direitos equânimes (iguais) e uma vivência humana por meio do empoderamento feminino e da libertação de padrões opressores patriarcais, baseados em normas de gênero. Envolve diversos movimentos, teorias e filosofias que advogam pela igualdade entre homens e mulheres, além de promover os direitos das mulheres e seus interesses.”. Já o machismo, “o conceito que se baseia na supervalorização das características físicas e culturais associadas com o sexo masculino, em detrimento daquelas associadas ao sexo feminino, pela crença de que homens são superiores às mulheres. Em um termo mais amplo, o machismo, por ser um conceito filosófico e social que crê na inferioridade da mulher, é a ideia de que o homem, em uma relação, é o líder superior, na qual protege e é a autoridade em uma família.”.

 É evidente que há feministas radicais que usam do empoderamento¹ para rivalizar com os homens, ao fazer comentários que são mais fortes e tal. Todavia, não são todas as feministas que praticam esta atitude. Aliás, a história do feminismo é vasta e existem teorias feministas que entram em dialética o tempo todo, inclusive. Antigamente, a mulher não era considerada como cidadã e era exposta a qualquer tipo de violência da família e do esposo. As feministas do passado lutaram( muitos levaram muita porrada e até morreram) deviam ser admiradas por mulheres e homens do presente, já que serviram como exemplo de ir à luta para conquistar seus direitos. 

Enfim, apesar dos excessos ou erros de algumas militantes, não se pode negar que o feminismo ajudou bastante às mulheres de hoje, como na elaboração de leis que as defendem contra a violência doméstica, inclusive.

 ¹ ação social coletiva de participar de debates que visam potencializar a conscientização civil sobre os direitos sociais e civis.

***

E só uma nota... Ultimamente, estou a perceber que com o descontentamento das ideias de esquerda, surge uma corrente de negação a tudo que se refere aos movimentos sociais, desmerecendo-os e os colocando como corruptos e histéricos. Sei lá, tenho receio, porque os direitos civis e sociais que conquistamos foram de muita luta no passado. Logo, deve-se ponderar primeiro. Outro fato, não existe perfeição, quando entra o homem no meio, fodeu.